.
.

Acessibilidade

Aumentar Fonte
.
Diminuir Fonte
.
Fonte Normal
.
Alto Contraste
.
Libras
.
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Mapa do Site
.
Acesso à informação
.

De segunda a sexta das 7h30 às 17h

Saúde - Sexta-feira, 09 de Fevereiro de 2024

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Saúde de Tupã reforça prevenção às infecções sexualmente transmissíveis

Trabalho de conscientização sobre ISTs é ampliado durante o carnaval


Saúde de Tupã reforça prevenção às infecções sexualmente transmissíveis

A Secretaria de Saúde mantém ações de conscientização sobre a importância do uso da camisinha, e de outros métodos de prevenção contra Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) na rotina das unidades de atendimento. Mas, o trabalho é intensificado no carnaval com a presença da equipe do Ambulatório de Moléstias Infecciosas no circuito do Tupã Folia.

 

Preservativos são distribuídos aos foliões e os interessados podem tirar dúvidas sobre o vírus HIV, sífilis e hepatite B, por exemplo. Assim como se informar a respeito dos demais serviços disponíveis no SUS, que configuram a “prevenção combinada”, método recomendado pelo Ministério da Saúde.

“A maioria das pessoas sabe da importância do preservativo (interno ou externo) para evitar uma IST. Mas, na prevenção combinada, aumentamos as chances de proteção, ao incluirmos a Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) ou a Profilaxia Pós-Exposição (PEP) e a testagem regular”, explica a coordenadora do Programa Municipal de IST/AIDS e Hepatites Virais, Anaille Michelotti.

 

O uso da PrEP — método que consiste em tomar comprimidos antes da relação sexual — prepara o organismo para enfrentar potencial contato com o HIV. Este antirretroviral costuma ser fornecido para pessoas que se relacionam com pacientes já diagnosticados com HIV, ou qualquer um em situação de vulnerabilidade ao vírus.

 

No entanto, o usuário desses medicamentos deve receber acompanhamento regular de saúde, oferecido exclusivamente pelo Ambulatório de Moléstias Infecciosas. 

Por outro lado, a PEP é uma medida de urgência para indivíduos expostos ao risco de infecção pelo HIV, seja por acidente laboral, relação desprotegida ou violência sexual. Este tratamento deve ser iniciado no Pronto Socorro da Santa Casa, no máximo 72 horas após a exposição.

 

Por fim, recomenda-se realizar testes regularmente, pois algumas ISTs podem não apresentar sinais e sintomas. Mantendo-se uma rotina de cuidados, é possível identificar a infecção quanto antes, e iniciar o tratamento, ambos gratuitos. Sem intervenção precoce, algumas infecções podem levar a graves complicações.

 

A identificação dessas enfermidades também compõe a rotina do pré-natal, a fim de evitar a transmissão vertical (quando o HIV, a Sífilis ou a Hepatite B são passados da mãe para o bebê durante a gestação ou no momento do parto).

 

Existem diversos tipos de IST. As mais conhecidas são:

 

•         HIV;

•         Sífilis;

•         Herpes genital;

•         HPV;

•         Gonorreia;

•         Infecção por clamídia;

•         Hepatites B e C;

•         Tricomoníase.

 

BOLETIM 

 

Conforme o secretário de Saúde, dr. Miguel Ângelo de Marchi, o município realizou levantamento de dados sobre os casos de HIV/aids e sífilis notificados em Tupã de 2010 a 2023.

 

Os números baseiam-se no SINAN (Sistema de Informação de Agravos de Notificação), no SAE (Serviços Ambulatoriais Especializados em HIV/Aids), e na Vigilância Epidemiológica Municipal.

 

“Nos últimos 13 anos, tivemos em média 23 casos de HIV/aids por ano. Com a maioria dos diagnósticos positivos na faixa etária de 30 a 39 anos. Ao compararmos o total de notificações de sífilis em 2010 com 2023, observa-se um salto de 8 para 80 casos. Sendo 17 homens positivados, a cada 10 mulheres”, afirma. O boletim municipal pode ser acessado em www.tupa.sp.gov.br/hivsifilis.

 

As IST são causadas por vírus, bactérias ou outros microrganismos e transmitidas, principalmente, por meio de contato sexual com uma pessoa que esteja infectada, por isso, a importância da prevenção. 

 

Ainda no ano passado, a pasta fortaleceu o rastreio para detecção de sífilis e HIV. Paralelamente à maior oferta dos exames convencionais na rotina das UBS e USF, testes rápidos estão permanentemente à disposição no (a):

 

  • Ambulatório de Moléstias Infecciosas (Rua Nhambiquaras, 432)
  •  
  • UBS dr. Walter Pimentel – Centro de Saúde I (Rua Tapuias, 530)
  •  
  • UBS dr. Edmundo Vieira Prado — Vila Formosa (Avenida Tancredo Neves, s/n)
  •  
  • USF Dr Antônio Nunes de Abreu Filho — Jamil Dualib (Rua João de Deus, 126)
  •  
  • USF Maria Aparecida dos Santos Morcelli — Marabá (Rua Armando Sala, 545)
  •  
  • USF Aracy de Marqui — Nego Enfermeiro — Rubiácea (Rua Antônio Castilho, 887)

 

Com mais pontos disponibilizando esta metodologia de análise (realizada a partir da coleta de uma gota de sangue retirada da ponta do dedo), a Prefeitura de Tupã facilita o acesso da população à metodologia, e entrega o resultado em no máximo 30 minutos.

Facebook Twitter WhatsApp Imprimir

96 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

.
.

Calendário de eventos

.
.

Acompanhe-nos

.

Unidades Fiscais

.
ONIBUS - 2023

R$ 2,00

.
UFM - 2024

R$ 108,74

.
.

Prefeitura da Estância Turística de Tupã - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.