.
.

Acessibilidade

Aumentar Fonte
.
Diminuir Fonte
.
Fonte Normal
.
Alto Contraste
.
Libras
.
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Mapa do Site
.
Acesso à informação
.

De segunda a sexta das 7h30 às 17h

Saúde - Quinta-feira, 28 de Março de 2024

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Saúde e Educação iniciam campanha de verificação das cadernetas de vacina

Ação visa aumento da cobertura imunológica e prevenção de doenças ainda na infância


A Prefeitura de Tupã realizará a Estratégia de Vacinação nas Escolas, projeto do Ministério da Saúde criado com o objetivo de aumentar a cobertura vacinal das crianças e adolescentes e reduzir a incidência de doenças que podem ser prevenidas por meio da imunização.

 

Conforme o secretário de Educação, Cultura e Esportes, professor Valdir Berti, as creches e escolas da rede municipal já exigem no ato da matrícula a apresentação de documento que ateste o cumprimento do Calendário Nacional de Vacinação. “Agora, vamos além. Queremos proteger a comunidade escolar e familiar, monitorando a situação dos estudantes da educação infantil ao ensino fundamental (1º ao 5º ano), e em parceria com a Diretoria Regional de Ensino, vamos observar se os menores de 15 anos estão com o esquema vacinal incompleto”.

 

Um cronograma foi planejado pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica para que os pais, que desejarem aderir à campanha, deixarem o documento nas escolas. As equipes das unidades de saúde farão uma triagem das carteirinhas, seguindo o Plano Nacional de Imunização (PNI), que determina as doses obrigatórias para cada faixa-etária.

 

“Vamos checar se houve aplicação das vacinas prioritárias, em especial a meningocócica (meningite), a Pentavalente (difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, influenza B) e o HPV (Papilomavírus humano). Os responsáveis por estudantes que precisarem de alguma dose serão informados individualmente, e orientados a procurar a sala de vacina mais próxima para regularização do quadro”, declara o secretário de Saúde, dr. Miguel Angelo de Marchi.

 

O médico explica ainda ser crucial reverter a queda na cobertura vacinal, pelo risco de ressurgimento de doenças erradicadas no Brasil ou controladas, como o sarampo e a paralisia infantil. Um termo de recusa deverá ser preenchido pelos pais ou responsáveis que eventualmente não queiram participar da campanha. 

 

Atualmente, o SUS disponibiliza 17 vacinas gratuitamente, para combater mais de 20 doenças. Assegurando ainda doses especiais para grupos com condições clínicas específicas.

 

A Estratégia de Vacinação nas Escolas também será realizada na rede estadual. A partir de 23 de abril, vacinadores da Atenção Básica farão pontos itinerantes para atender os alunos da E.E. Joaquim Abarca, da E.E. Luiz de Souza Leão, e da E.E. Professora Helena Pavanelli Porto. O trabalho de conscientização e comunicação com os pais tem sido coordenado pelo dirigente Regional de Ensino, César Lucas Vendrame; e pela supervisora de Ensino, Teresa Ignacio. 

218 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

.
.

Calendário de eventos

.
.

Acompanhe-nos

.

Unidades Fiscais

.
ONIBUS - 2023

R$ 2,00

.
UFM - 2024

R$ 108,54

.
.

Prefeitura da Estância Turística de Tupã - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.