.
.

Acessibilidade

Aumentar Fonte
.
Diminuir Fonte
.
Fonte Normal
.
Alto Contraste
.
Libras
.
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Mapa do Site
.
Acesso à informação
.

De segunda a sexta das 7h30 às 17h

Saúde - Quarta-feira, 30 de Novembro de 2022

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Saúde alerta sobre casos de catapora

Crianças e adolescentes com sintomas não devem ser encaminhados às unidades escolares


Saúde alerta sobre casos de catapora

A Secretaria Municipal de Saúde está alertando sobre o aparecimento de casos de varicela, popularmente conhecida como catapora. A doença é infecciosa, altamente contagiosa e se manifesta com maior frequência em crianças.

 

O alerta é devido aos recentes casos registrados e confirmados da doença em Tupã, e se torna ainda mais relevante por conta do período de aulas presenciais nas escolas municiais e estaduais que reúnem grande movimentação de crianças e adolescentes.

 

A chefe do setor de Vigilância Epidemiológica, Juliana Yuri, alertou que a catapora pode ser facilmente diagnosticada a partir do surgimento de bolhas de água na pele, que coçam muito e se transformam em feridas vermelhas. Também pode vir acompanhada de febre, coceira, falta de apetite e vômitos.

 

“É importante que os pais e responsáveis estejam atentos aos sintomas da doença e não descartem a possibilidade da infecção nas crianças. Alertamos também os professores e demais profissionais da Educação, pois estar expostos a catapora por estarem em contato direto com as crianças e adolescentes”, alertou.

 

Facilmente transmitida para outras pessoas, o contágio acontece através do contato com o líquido da bolha, pela tosse, espirro, saliva ou por objetos contaminados pelo vírus. “Pedimos que as crianças não sejam enviadas à escola caso possuam as máculas vermelhas pelo corpo. A orientação é procurar uma Unidade de Saúde e, se confirmado o diagnóstico, a criança deve permanecer em repouso e afastada por sete dias”, orientou o secretário municipal de Saúde, dr. Miguel Ângelo de Marchi.

 

O professor e secretário de Educação, Valdir Berti, ainda ressaltou que os cuidados e alertas sobre a varicela estão sendo repassados aos profissionais da educação e aos pais e responsáveis pelas crianças das escolas municipais. “Estamos todos atentos para que a infecção não se espalhe, mas precisamos da ajuda, atenção e colaboração de todos”, disse.

 

Vacinação

 

A vacina contra varicela está licenciada no Brasil na apresentação monovalente ou combinada com a vacina tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola). A vacina tríplice viral só deverá ser administrada aos 15 meses de idade se a criança tiver recebido uma dose da vacina tríplice viral entre 12 e 14 meses. A vacina varicela monovalente é indicada para surtos a partir dos nove meses de idade.

 

Tratamento

 

No tratamento da catapora, em geral, são utilizados analgésicos e antitérmicos, para aliviar a dor de cabeça e baixar a febre e antialérgicos para aliviar a coceira. Os cuidados de higiene são muito importantes e devem ser feitos apenas com água e sabão. Para diminuir a coceira, o ideal é fazer compressa de água fria. 

 

Ressaltando que pessoas com catapora não devem ter contato com recém-nascidos, mulheres grávidas ou qualquer indivíduo que esteja com a imunidade baixa (como pessoas com AIDS ou que estejam realizando quimioterapia), já que a doença pode ser mais grave nestes grupos.

 

Facebook Twitter WhatsApp Imprimir

2369 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

.
.

Calendário de eventos

.
.

Acompanhe-nos

.

Unidades Fiscais

.
ONIBUS - 2023

R$ 2,00

.
UFM - 2024

R$ 108,74

.
.

Prefeitura da Estância Turística de Tupã - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.